APARIÇÃO DE FALECIDOS

Desde nosso retorno (agosto/2010) à gravação de imagens, diversos novos fenômenos passaram a ocorrer, enquanto que alguns, já conhecidos ganharam força inusitada. Clique na imagem abaixo para abrir o primeiro conjunto de transimagens.

Banco de Falecidos 1

 

A APARIÇÃO DE FALECIDOS, algo tão sonhados por todos que perderam alguém, passou a se intensificar, de tal forma, que decidimos fazer uma coletânea das melhores imagens para disponibilizá-las ao público, já que no geral não sabemos quem são. Nossa expectativa é que um dia uns e outros possam ser identificados por familiares.

Alertamos que esses registros não estão sob nosso controle, mas sim dos Emissores. Admitimos que podemos estar  galgando uma fase de treinamento por parte deles, e que mais adiante, possam enviar de forma mais direcionada.

Aqui segue a segunda coletânea de Transimagens, que somadas à primeira, totaliza 114. Elas foram registradas no período de fevereiro e março/2011 durante gravação de vídeo com 5 pessoas. Desta vez estamos incluindo as imagens dessas pessoas – que estavam sendo filmadas e seus rostos se alteraram de alguma forma.

THALIS

SONIA

MARCO

RUTH

EDNA

 

Notamos que existem variações no grau de alterações, por vezes mudança total, por vezes parcial e em outras, apenas detalhes, como cor dos olhos, formato de rosto etc. Assim, disponibilizamos esse segundo bloco, pois as que foram reconhecidas nas gravações foram inseridas no e-book que estamos montando. Estas fotos que seguem são de pessoas que não reconhecemos, mas que, quem sabe, possam identificadas por algum visitante do site.

Banco de Falecidos 2

 

Temos a intenção de atualizar todos os meses com as transfotos que formos recebendo, já que não nos vemos no direito de arquivá-las. Assim, aqui ficam disponíveis, e se algum visitante reconhecer alguma transfoto, solicitamos que nos contate com a possível documentação para comparação das imagens através do nosso Contato.

IMPORTANTE:

Agradecemos que nos contatem exclusivamente para esse tipo de retorno (identificação) e não para solicitar que gostariam de receber imagem de tal ou tal pessoa. Como dissemos acima, apenas recebemos – e não temos autoridade alguma sobre o fenômeno.

Sonia Rinaldi